sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Galeria de fotos de gente que faz e acontece, em nossa sociedade daqui, dali e de acolá:



























































Praça dos Colibris - Cerquilho

Até a próxima postagem. Fui!


Ah! Afrodite 


MAIS CRIATURAS DA ÁGUA
Os mariscos, sobretudo os crustáceos têm sido considerados não afrodisíacos por excesso de colesterol, mas não se preocupe, esta é outra obsessão norte-americana o resto mundo nunca ouviu falar disso. Mencione o fato a um italiano ou francês e verá a expressão que fazem. O maior inconveniente dos mariscos é que costumam produzir reações alérgicas e quando não são bem frescos, envenenam, mas, no fim das contas de alguma coisa temos que morrer. Às vezes é difícil retirá-los das conchas, como as ostras, ou tem um aspecto um pouco repugnante, como os polvos. Comi os mais estranhos produtos de água salgada em uma viagem de barco pelos mares do sul do Chile: choro-zapato, gambás de cola redonda, jaiva mora e jaiva peluda, lapas, culengue, piure e muitos outros. Navegamos entre ilhotas abandonadas e costas mitológicas, onde nunca para de chover e se desenvolve uma extraordinária vegetação de selva fria. Trecho do livro “Afrodite” da chilena Isabel Allende.