quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Respingos...




Engraçado, boa parte dos cidadãos reclamam que na sua cidade tem pouco verde. Dizem que faltam parques, ruas arborizadas. E lá vem o tradicional discurso cobrando do poder público. No entanto o riachinho da sua propriedade está assoreado, o quintal cimentado sem um pedacinho de chão para virar jardim. 



Há quem se coloque como paladino ecológico e se diz empenhado na preservação do verde. No entanto volta e meia se enfurecem com vizinhança reclamando das folhas secas levadas pelo vento para o seu quintal, na frente da casa... São ou não são ecologistas de araque?   



E, para engrossar mais a lista da hipocrisia, em nome do conforto instalam cortinas por controle remoto e tudo mais ao alcance dos dedos. São pessoas que fogem da responsabilidade. Caminhando dessa forma não vai demorar muito para o Mundo ser chamado de “imundo”. Quanto mais controle remoto menos movimentação para o acomodado somar “pneuzinhos”, na cintura. Cruz credo!



Aqui em Cerquilho praças, calçadões e pequena parte das calçadas são revestidos com pedras portuguesas. Desenhos belíssimos. Tudo muito chique. Coisa de município endinheirado. Não dá nem para calcular quantos metros quadrados estão cimentados, impossibilitando o escoamento da água da chuva.



Por favor, nada contra. Acontece que em dia de chuva ninguém se equipa com guarda-chuva, capa e galocha para passear, namorar, jogar um carteadinho, fumar unzinho nesses logradouros. Partindo desse princípio podemos perceber que nem em todos os espaços destinados à circulação pública necessite de ladrilhagem. Concordo que os pedriscos são desconfortáveis, inimigos do salto alto das mulheres. Soube que em praças de países mais posicionados ecologicamente são colocados pisos permeabilizantes (acho que terra tratada) que dão vasão às águas da chuva. Fica aí a sugestão. Sempre com o olho para o futuro.

Obrigado, mil vezes obrigado, por fazer o meu blog acontecer. Fui!

terça-feira, 27 de agosto de 2013

COOCERQUI - Soja




Soja


Soja é um grão rico em proteínas cultivado como alimento tanto para humanos quanto para animais. A soja pertence à família da leguminosa, assim como o feijão, a lentilha e a ervilha. É empregada na alimentação, sobretudo na indústria de óleos comestíveis. A palavra soja vem do japonês shoyu. A soja é originária da China e do Japão.

O óleo de soja é o mais utilizado pela população mundial no preparo de alimentos. Também é extensivamente usado em rações animais. Outros produtos derivados da soja incluem óleos, farinha, sabão, cosméticos, resinas, tintas, solventes biodiesel.

Beneficiamento


O processo de beneficiamento da soja inicia-se com o esmagamento dos grãos, no qual basicamente se separa o óleo bruto (aproximadamente 20% do conteúdo do grão) do farelo, utilizado largamente como ração animal.

O óleo bruto passa por um processo de refino até assumir propriedades ideais ao consumo como óleo comestível.

Salada de Soja




Coloco de molho a soja de noite para fazer no outro dia, vou lavando e esfregando bem para retirar o máximo possível da pele, nunca sai tudo. Ai coloco em uma panela com água até cobrir a soja, deixo dar uma fervura, jogo a água fora e coloco outra e deixo ferver até cozinhar, a soja não fica mole igual feijão é um grão mais durinho mesmo, eu deixo cozinhar uns 25 a 30 minutos. Escorro a água e coloco os temperos, eu uso cebola picadinha, tomate sem sementes, azeitonas, cheiro verde, sal, azeite, vinagre, um pouquinho de pimenta do reino moída na hora, mas você pode acrescentar outros temperinhos de sua preferência.







Hambúrguer de Soja



Ingredientes

2 xícaras de PTS granulada seca
1 xícara de aveia em flocos
1 cebola grande picadinha
2 dentes de alho esmagados
2 colheres (sopa) cheias de levedo de cerveja (opcional)
1 xícara de água
Sal a gosto
Óleo

Para empanar:
Água
Pão ralado (farinha de rosca)

Preparo

Numa frigideira, aqueça o óleo e refogue a cebola e o alho. Quando estiver transparente, junte a proteína de soja seca, mexa muito bem e salteie durante uns 3 minutos. Junte a água e deixar levantar fervura. Depois junte a aveia em flocos e vá mexendo até secar. Junte o levedo de cerveja e sal a gosto. Retire da frigideira e coloque numa forma ou sobre uma área para esfriar. Quando estiver numa temperatura suportável, forme uma bola e depois divida em pedaços iguais (se notar que a massa está muito úmida, polvilhe com farinha de trigo). Molde cada um dos pedaços em formato de hambúrguer. Aqueça um pouco de óleo (a altura do óleo não deverá exceder metade do hambúrguer). Enquanto aquece, passe cuidadosamente o hambúrguer em água e depois no pão ralado. Frite em seguida. Ele ficará crocante por fora e macio por dentro.


Massa à Bolonhesa de Soja


Ingredientes
para duas pessoas


150 g de Soja Grossa

1 tomate grande maduro ou 3 colheres de sopa de polpa de tomate

2 colheres de sopa de azeite

2 dentes de alho

1 cebola

100 ml de vinho branco

8 cogumelos frescos de tamanho pequeno

Pimenta a gosto

Sal

Orégano

Massa Espaguete

Preparação:

Num recipiente, coloque a Soja Grossa a hidratar conforme as instruções da embalagem. Depois de hidratada escorra, pique na picadora e reserve.
Num tacho, leve a refogar a cebola, o alho e o azeite.
Depois da cebola e do alho refogados, sem deixar queimar, acrescente o tomate e os cogumelos partidos em quartos e laminados e deixe apurar um pouco.
Junte a Soja picada e mexa, acrescentando o vinho branco e o orégano, o sal e a pimenta. Deixe apurar ligeiramente, de maneira a que a Soja tome o gosto do molho. Quando verificar que o preparado já está pronto desligue a chama.
Sirva com massa espaguete que cozeu previamente com um pouco de sal.
Se desejar, pode polvilhar com queijo ralado.

Bom Apetite!



domingo, 25 de agosto de 2013

Xyro e Banda Sexta Dimensão - Anos 60/70/80.

E lá se foi mais um deslumbrante encontro dos anos 60. O 12o. Tudo na maior harmonia. Ambientação, música de qualidade e carinhos espalhado por tudo quanto lado. Xyro convidou amigos que tocou em outros conjuntos musicais com ele para subirem ao palco. Não há de ver que mandaram direitinho e foram aplaudidos calorosamente. 
Desde os primeiros acordes a banda chamou os presentes que estavam lindamente lindos e que, se esbaldaram até o sol raiar.
Ficou um gostinho de quero mais.














Ah! Tudo foi muito divertido, descontraído e cheinho de confraternização. 
Até a próxima postagem. Fui!
 

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Respingos - A barriga



A barriga, mesmo aquela que indica prosperidade é sempre incomoda, quando não ridícula. A barriga, portanto, deve ser proporcional ao seu proprietário. Quanto à protuberância abdominal sair fora dos limites, o remédio é fazer com que ela se encolha à sua insignificância. Há quem aconselhe exercícios e ginásticas para eliminar barriga. É um erro! A ginástica desperta o apetite e tudo aquilo que se perde é recuperado com juros na hora do almoço.  E a barriga ao invés de diminuir aumenta.
O método mais aconselhável para diminuir a barriga é o regime faixista, (não de óleo de rícino, como na 2ª Guerra Mundial – que o ditador italiano Mussolini aplicava nos seus desafetos) mas faixa apertada. É possível que com esse sistema, o paciente passe muito mal quando andando na rua com a faixa apertada, mas, quando chegar em casa e tirar aquela cincha, 

Até a próxima postagem. Fui! 

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Respingos - O hábito de gostar de ler




O hábito de gostar de ler desde a infância forma pessoas imaginativas, com consciência crítica e melhor capacidade para se expressar. Meninos e meninas gostam de livros. É preciso da chance a eles. Pais leitores têm mais chance de formar filhos leitores. Saber ler não é apenas papaguear o que está escrito. Infelizmente há quem saiba ler, mas não são leitores e nem apreciam a literatura (inclusive professores). Essas pessoas não deveriam mandar crianças lerem esses livros enjoados, pesados, com palavreado ultrapassado que  apavora os adolescência tornando-se efeito inverso do pretendido. Digo isso porque às vezes fico pensando que o Ministério de Educação e Cultura – MEC. Emperrou nos tempos em que Anchieta escrevia versos na areia.

Até a próxima postagem. Fui!

terça-feira, 20 de agosto de 2013

COOCERQUI - Mandioca




 Mandioca








Mandioca é o nome pelo qual é conhecida a espécie comestível e mais largamente difundida do gênero Manihot, composto por diversas variedades de raízes tuberosas comestíveis.

O nome dado ao caule do pé de mandioca é maniva, o qual, cortado em pedaços, é usado no plantio. Trata-se de um arbusto que teria sua origem mais remota no oeste do Brasil (sudoeste da Amazônia) e que, antes da chegada dos europeus à América, já estaria disseminado, como cultivo alimentar, até a Mesoamérica (Guatemala, México). Espalhada para diversas partes do mundo, tem hoje a Nigéria como seu maior produtor. .

No Brasil, possui muitos nomes, usados em diferentes regiões, tais como: mandioca-brava - a que contém o venenoso ácido cianídrico - aipim, costelinha, macaxeira, mandioca-doce, mandioca-mansa, maniva, maniveira, pão-de-pobre, e variedades como aiapuã e caiabana, ou nomes que designam apenas a raiz, como caarina.


Bolinho de Mandioca

Ingredientes
- 1 kg de mandioca cozida
- 1 cebola média picada
- 3 dentes de alho amassados
- salsa a gosto
- 1 colher (chá) de orégano
- 3 ovos
- 2 colheres (sopa) rasas de farinha de trigo
- 25 g de queijo parmesão ralado
- 1 tomate (grande) sem pele picado
- óleo o quanto baste
- sal a gosto
Modo de Preparo
Amassar a mandioca com um garfo. Misturar todos os ingredientes. Esquentar o óleo e ir colocando colheradas da massa. Fritar em fogo médio (para evitar que não cozinhe no seu interior) até dourar. Acondicione em um recipiente forrado com papel toalha.





Costelinha assada com mandioca

 Ingredientes

. 1 kg de costelinha suína
. 1 cebola picada
. 2 dentes de alho
. 1 xícara (chá) de vinho branco
. Sal e pimenta a gosto
. 1 kg de mandioca cozida
. Óleo para fritar


Modo de preparo

1. Tempere as costelinhas com a cebola, o alho, o vinho, o sal e a pimenta.
2. Cubra com papel alumínio e leve à geladeira por 3 horas, regando de vez em quando com a marinada.
3. Coloque as costelinhas em uma assadeira, regue com a marinada, cubra com papel alumínio e asse em forno, preaquecido, a 220 ºC durante 40 minutos.
4. Retire o papel alumínio, regue as costelinhas com o molho que se formou na assadeira e deixe no forno até dourar.
5. Cozinhe a mandioca na água com sal até ficarem macias. Escorra bem e frite no óleo quente até dourar. Sirva com a carne.

Creme de mandioca com carne seca

 INGREDIENTES:

700 gramas de mandioca cozida
400 gramas de carne seca dessalgada, cozida e desfiada.
01 cebola media ralada
01 caixinha de creme de leite
02 colheres de sopa de manteiga
200ml de leite
01 colher de sopa de azeite
01 colher de chá de colorau
02 dentes de alho espremidos
02 pimentas picadinhas
sal e pimenta do reino a gosto
cebolinha verde a gosto
MODO DE PREPARO:
Primeiro dessalgue e cozinhe a carne seca separadamente, depois desfie. Cozinhe a mandioca até que comece desmanchar. Depois de cozida coloque no liquidificador com o creme de leite e bata bem até que fique uma mistura homogênea. No liquidificador ainda, acrescente o leite.
Em uma panela coloque a manteiga, o alho e a cebola. Misture a carne seca e deixe refogar bem, acrescente o creme de mandioca e os demais ingredientes e deixe o molho incorporar e sirva. Bom apetite!






sábado, 17 de agosto de 2013

Respingos - Amor Orquídea





Li uma crônica sobre amor orquídea, aquele que para sobreviver suga do outro as sua seiva e energia. Situação muito mais comum do que se pensa. A desigualdade nas relações seja de que ordem for tem origem na necessidade de poder tão estimulada pela nossa sociedade cada vez mais competitiva ao mesmo tempo em que elege a contemplação e a meditação como hobby, pura hipocrisia. Quando em qualquer relação e principalmente nas amorosas um se sente poderoso e o outro fraco é sinal de que tudo está indo muito mal apesar das aparências. Quem ama não deseja tampouco se deixa submeter, no amor o que pode haver é dependência mútua e mesmo assim até o segundo capítulo, sem sofrimento, mas por prazer. Carência e poder só geram sofrimento e angústias, nunca o prazer e a alegria que se espera de uma relação.
Queridos amigos, obrigado, mil vezes obrigado, por fazer o meu blog acontecer. Fui!

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Cerquilho - Grande encontro dos anos 60




Viajando  pelos anos 60
 O Grande encontro dos anos 60, desta vês vai acontecer ocupando os três ambientes do MARANELLO. Será no dia 24 de agosto, às 24h. Xyro e Banda Sexta Dimensão darão o recado musical para animação se estender até o sol raiar. 

 
Em 1960, acontece o lançamento da pílula anticoncepcional, considerado o maior feito científico do século XX. Em 1961 é erguido o Muro de Berlim. Em 1962, a Bossa Nova conquista o mundo, com apresentação no Carnegie Hall de Nova Iorque (EUA). Lançamento do Beatles. A Seleção Brasileira de Futebol é bi e o Santos FC torna-se o primeiro clube brasileiro campeão mundial interclubes. Em 1963. a TV Excelsior coloca no ar a primeira telenovela diária. O Santos FC é bi mundial. Em 1964, é lançada a novela "O Direito de Nascer", na TV Tupi. Em 1965, a música "Arrastão", de Edu Lobo e Vinicius de Moraes (intérprete Elis), vence o primeiro Festival da MPB da TV Excelsior. É inaugurada a TV Globo. Estreia do programa "Jovem Guarda" (com Roberto e Erasmo), na TV Record. Em 1966, a música "A Banda", de Chico Buarque, vence o primeiro Festival da MPB, da TV Record. Em 1967, o guerrilheiro Ernesto Che Guevara é executado na Bolívia. Em 1968, o presidente Costa e Silva assina o AI-5, fecha o Congresso Nacional e instala a censura aos meios de comunicação do Brasil. Em 1969, Pelé, do Santos Futebol Clube, marca o milésimo gol no jogo contra o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. O astronauta norte-americano Neil Armstrong pisa na Lua pela primeira vez.
Fonte: internet 
XII Grande Encontro dos anos 60 de Cerquilho – Informações (15) 3284-1531 OU (15) 9705-2141 - C/ CRISTINA)