quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Respingos



Você sabe quanto gasta por ser fumante? Pegue a calculadora e simule quanto gastou com ma vício desde o início até os dias de hoje. Levou as mãos sobre a cabeça, caiu na real? Já pensou se tivesse investido este dinheiro em aplicações, o tempo estimado de vida perdido e que ainda perderá se continuar fumando, o custo em sua produtividade para as empresas e o impacto ambiental provocado por seu vício de fumar?  

Um exemplo, se você fuma um maço que custa R$ 3,00 ao dia, iniciou aos 15 anos e tem atualmente 48 anos (fumou por 33 anos) e tem o salário de R$1.000,00, se tivesse aplicado este dinheiro, atualmente teria cerca de R$ 150.000,00. Se nunca tivesse fumado e aplicasse o dinheiro até a aposentadoria, teria ao se aposentar cerca de R$ 660.000,00, além de ter perdido cerca de oito anos de vida pelo tabagismo e ter derrubado indiretamente cerca de 760 árvores!

Sabe onde encontrar pronto atendimento dentário, em horários não comerciais? Imagine acordar no meio da noite com dor de dente e não saber o que fazer, nem pra onde ir. Ou, ainda, mais complicado, ver um filho cair de boca de um brinquedo no fim de semana, quando clínicas odontológicas normalmente não estão abertas, e não ter como socorrer? Pois essa é a situação do cerquilhense. Fica aqui a sugestão para a nova administração ver o que poderá fazer nesse sentido. A tabela de preço de dentista está pela hora da morte.

Queridos amigos até a próxima postagem. Fui!

terça-feira, 27 de novembro de 2012

COOCERQUI


Castanha do Pará

Arroz paraense – Esta receita faz parte da cozinha amazônica:



Rendimento: 4 porções
Ingredientes:
• 3 xícara de arroz branco pré-cozido
200 g de camarão seco dessalgado
300 g de camarão rosa descascado
• 1 xícara de castanha-do-pará em pedaços

• 400 ml de tucupi*
• ½ maço de chicória
• ½ maço de alfavaca
• 4 dentes de alho
• ½ cebola picada
• Azeite a gosto

MODO DE FAZER:
Refogue os temperos. Acrescente o camarão rosa descascado, depois sal e em seguida o camarão seco (já dessalgado). Agora é a vez de colocar o arroz branco pré-cozido. Para dar o toque especial, jambu (fervido) e o tucupi temperado. Deixe cozinhar e corrija o ponto do sal. Finalize com azeite e pode servir!

Para a sobremesa: Brigadeiro de Castanha-do-Pará




Ingredientes:
1 lata de leite condensado
5 colheres de castanha-do-pará triturada
1 xícara de castanha-do-pará para confeitar


MODO DE FAZER:
Coloque o leite condensado em uma panela junto com a castanha-do-pará ralada fina. Em fogo baixo, mexa até desgrudar do fundo do recipiente. Retire do fogo, deixe esfriar e enrole os doces. Use castanha-do-pará, em pedaços mais graúdos.


* Tucupi

Tucupi é facilmente encontrado em casa que comercializa produtos do norte. Caso não o encontre dispense-o o prato ficará saboroso da mesma forma. Hummmmmm!

domingo, 25 de novembro de 2012

Bebidas docinhas


Não dá para entender como é que pode a sociedade não se manifestar contra bebidas docinhas que circulam em qualquer estabelecimento comercial.
Os adolescentes naturalmente rejeitam o gosto forte do álcool. No entanto você pode ver exemplos de diversas versões de bebidas alcoólicas de marcas conhecidíssimas com sabor de frutas que fazem a cabeça da moçada. E acabam se tornando o combustível para festinhas caseiras e baladas que terminam com vômitos, coma alcoólica e desastres. Essas bebidas mascaradas possivelmente vistas pelos pais como refrigerante e que aos poucos vão levando ao vício com bebidas mais pesadas. Meia de seda, capeta, ponche...

Até a próxima postagem. Fui!

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Respingos



Moramos num país tropical. Sujeito a mudanças de temperatura diariamente. De nada adianta reclamar a todo instante do frio, do calor contribuindo para que o mal-estar se propague. Não vai demorar muito para a corrida desesperada em busca de ventiladores de todos os formatos e tamanhos. Em qualquer salinha lá estarão eles horas e horas a fio, barulhentos, inúteis gerando ondas de ar morno. Pra que gastar tanta eletricidade? O genial poeta português Fernando Pessoa, em meado do século passado dizia: “Um dia de chuva é tão belo quanto um dia de sol ambos existem e cada um é como é”.

Macacos me mordam se quero fazer apologia ao cigarro. Com tantas pressões por cima dos fumantes elegando cuidar da saúde do povo ainda existe os heróis da resistência. Aqueles que insistem no vício doutrinados pela mídia selvagem. Pobres fumantes, as proibições foram tantas de modo a pegar você de calça curta esteja onde estiver. O cerco está tão grande que não vai demorar muito para os fumantes ascender cigarro com o relâmpago e fumar de baixo d’água.

Jogadores de futebol andam muito paparicados. Ganhando fortunas, sem enfrentar, ao menos um vestibular. Não duvide, logo será possível, no meio de um jogo de futebol aparecer um ponto vermelho piscando numa telona anunciando a chegada de e-mail importante. Partida interrompida para Neymar responder a mensagem.

Neste Natal nada de pinheirinhos vivos. Coitadinhos, enquanto a gente se diverte eles sofrem num cantinho qualquer, sem água, sem luz natural adequada. Geralmente, depois das festas vão para no lixo. Que falta de espírito natalino é o nosso? Árvore artificial dobrável é o ideal...

Caros amigos piririm e pororom. Fui!  

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Bico de pena




Trabalho em bico-de-pena feito por êste blogueiro. Da série "Visões Fantásticas".

Esta arte dá muito trabalho. Não uso lápis e nem borracha. Vou componto pontinho por pontinho, risquinho por risquinho. Coisa de doido.
Até a próxima postagem. Fui!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

COOCERQUI

 





Pimenta Dedo de Moça – Propriedades Medicinais

A Pimenta Dedo de Moça, também conhecida como Pimenta Calabresa ou Pimenta Chifre de Veado é uma pimenta usada para molhos picantes, carnes, peixe, lingüiça e lombo. Por sua degradação fácil é comum secá-la.

Propriedades: É rica em vitaminas anticancerígena, afrodisíaca, analgésica, antiinflamatória, antioxidante, energética, controla o colesterol, ajuda a emagrecer, regula o estômago e o intestino, reduz enxaqueca e dor de cabeça. Em excesso pode ser tóxica causando sudorese e hipertensão.

 Lombo assado com geléia de pimenta

Essa receita é excelente, ótima opção para almoço ou jantar quando recebemos convidados. O tempero do lombo fica muito saboroso e a geléia de pimenta é ao mesmo tempo picante e adocicada.
Tempero do lombo:
1 peça de lombo de porco de aproximadamente 1,200 kg amarrado com barbante
3 colheres de sopa de azeite
3 colheres de chá de alho picadinho
1/4 de xícara de cebola bem picado
1 colher de chá de alecrim picado
1 colher de sopa de mostarda
1 colher de sopa de sal
1/4 de xícara de suco de laranja
2 colheres de sopa de suco de limão
Tempere o lombo com os ingredientes do tempero e deixe marinar por 24 horas dentro de um saco plástico amarrado. Retire do tempero (reserve a marinada), retire o barbante e em um frigideira untada com azeite, sele a carne até que esteja bem dourada por todos os lados. Transfira o lombo para um refratário, regue com o restante da marinada e leve ao forno médio baixo para assar por aproximadamente 1 hora e meia. Observe bem para que os líquidos na forma não sequem totalmente, se for o caso, regue com um pouco mais de água.
Retire o lombo e fatie. Coloque um porquinho de água na forma e leve ao fogo para ferver o caldo da marinada. Acrescente três colheres de creme de leite fresco (opcional) e deixe engrossar. Regue as fatias de lombo com esse molho e sirva com colheradas da geléia de pimenta.

Geléia de pimenta:


1 abacaxi médio descascado, sem o talo, cortado em cubinhos
10 pimentas dedo de moça sem sementes picadinha
1 xícara de cebola picadinha
5 colheres de sopa de azeite
3 xícaras de água
1 xícara de chá de açúcar
1 pitada de cravo em pó
1 pitada de canela em pó

Coloque todos os ingredientes em uma panela, leve para cozinhar em fogo baixo por aproximadamente 2 horas ou até que tenha textura de calda grossa. Bata tudo no liquidificador e use sobre o lombo.
Para acompanhar o lombo, batatas bolinha cozidas e passadas numa frigideira com azeite e alho picadinho. Combinação perfeita.



CRAVO DA INDIA - Muito utilizado em doces, chás, assados, molhos, picles, o cravo é conhecido na Índia, Egito e China desde 600 a.C. Encontra-se em pó e inteiro; é constituído pelos botões de flores de uma árvore originária das ilhas Molucas e tem um aroma doce e forte. Muito usado para doces e compotas, pratos salgados à base de carne, relishes, picles, pães, biscoitos.

Até a próxima postagem. Fui!

domingo, 18 de novembro de 2012

Respingos



FUTILIDADES DO NOVO RICO

  • Diz o ditado que dinheiro na mão é vendaval. Principalmente, para os que ganharam dinheiro fácil, na manha, ou surrupiado do Estado ou do próximo. Daí vem o comércio da extravagância. Quem se enriqueceu honestamente não teria coragem de gastar a suada reserva com bobagens desse tipo:
  • Numa nova loja de queijos e vinhos em São Paulo o cliente só é atendido com horário marcado.
  • Mulheres fazem “filas” para comprar bolsas de grifes com preço de um carro médio.
  • Um bolo exclusivo para aniversário ou casamento – dos mais simples - começa em 1.200 reais.
  • No mundo extravagância há quem mande construir um salão para festa do casamento para em seguida mandar derrubar. O convidado só entra com cartão magnético.
  • Há quem contrate decorador para jogar fora tudo o que possua só para dar uma remodelagem completa na casa.
  • Soube que um decorador reformulou toda a estante de uma menina rica, terminada a tarefa a dondoca pediu para ele mesmo fosse comprar livros para adorná-la. 
  • Uma milionária recolheu dois cachorros de rua. Hoje eles andam de motorista particular, no banco de trás, para ir ao “salão de beleza”.
  • Há jantares para amigos “requintados”, em São Paulo, que cobram adesões a partir de 500 reais, sem as bebidas!
  • Alegando não fazer mal à saúde, um restaurante em São Paulo adotou chuva de ouro em pó sobre a comida. Calma lá, minha gente! Não me responsabilizo se alguém tentar fazer o mesmo com purpurina.
Sei não se daria para conviver no meio de gente deslumbrada que ganhou dinheiro na maior moleza. Nesse meio se, pelo menos, você conseguir ouvir música de qualidade, mãos para o céu!

Até a próxima postagem Fui!

Ah! Quem não desgruda do celular bem que poderia ser comparado ao grilo-falante.

sábado, 17 de novembro de 2012

Respingos


O gerenciamento capitalista do corpo.
O capitalismo avançado transformou a saúde individual em capital. Somos intimados a gerir esse patrimônio, a sua ininterrupta otimização. Economistas, diretores de recursos humanos, terapeutas de programas de televisão, todos nos ensinam como cuidar de um corpo que já não nos pertence.
Ao redefinir a saúde como obrigação pessoal de prevenção, segundo a lógica hoje dominante de “risco” e de sua imputação individual, as seguradoras, os empresários do setor e a mídia especializada deram credibilidade à idéia-chave de um “dever de saúde” ao qual ousaram desobedecer, às próprias custas, e à custa da coletividade, os fumantes, os bebedores, os que se alimentam mal, os não esportivos e outros depressivos crônicos “que recusam tratamento”. É a eles e somente a eles que devem ser imputadas as debilidades de suas funções vitais – mas também, de quebra, as debilidades da economia nacional, “redistributiva” durante tempo demais, segundo os novos economistas da saúde.  

A ociosidade é tão inútil quanto relógio sem ponteiro.

Caros amigos até a próxima postagem. Fui

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Cervejeiros

ATENÇÃO CERVEJEIROS!!!

A Cerveja mata? Sim. Sobretudo se a pessoa for atingida por uma caixa de cerveja com
garrafas cheias. Anos atrás, um rapaz, ao passar pela rua, foi
atingido por uma caixa de cerveja que caiu de um caminhão levando-o a
morte instantânea. Além disso, casos de infarto do miocárdio em idosos
teriam sido associados às propagandas de cervejas com modelos
boazudas.
O uso contínuo do álcool pode levar ao uso de drogas mais pesadas?
Não. O álcool é a mais pesada das drogas: uma garrafa de cerveja pesa
cerca de 900 gramas.
Cerveja pode causar dependência psicológica?
Não. 89,7% dos psicólogos e psicanalistas entrevistados preferem uísque.
Mulheres grávidas podem beber sem risco?
Sim. Está provado que nas blitze a polícia nunca pede o teste do
bafômetro pras gestantes. E se elas tiverem que fazer o teste de andar
em linha reta, sempre pode atribuir o desequilíbrio ao peso da
barriga.
Cerveja pode diminuir os reflexos dos motoristas?
Não. Uma experiência foi feita com mais de 500 motoristas: foi dada
uma caixa de cerveja para cada um beber e, em seguida, foram colocados
um por um diante do espelho. Em nenhum dos casos, os reflexos foram
alterados.
A bebida envelhece? Sim. A bebida envelhece muito rápido. Para se ter uma idéia, se você
deixar uma garrafa ou lata de cerveja aberta ela perderá o seu sabor
em aproximadamente quinze minutos.
A cerveja atrapalha no rendimento escolar?
Não, pelo contrário. Alguns donos de faculdade estão aumentando suas
rendas com a venda de cerveja nas cantinas e bares na esquina.
O que faz com que a bebida chegue aos adolescentes? Inúmeras pesquisas vinham sendo feitas por laboratórios de renome e todas
indicam, em primeiríssimo lugar, o garçom.
Cerveja engorda?
Não. Quem engorda é você.
A cerveja causa diminuição da memória? Que eu me lembre, não.
Isso é uma brincadeira. Jamais apologia ao álcool.

Até a próxima postagem. Fui!  

terça-feira, 13 de novembro de 2012

COOCERQUI


Vodka

 A vodca é um destilado obtido a partir de arroz (China, Japão e outros países produtores deste produto) e o restante mais comuns na Rússia e Polônia, devido, devido a fartura de tais produtos: Cevada, milho, trigo, centêio, ervas, figos ou batatas, fermentados. Cada uma dessas matérias primas confere à bebida sabor e qualidade diferentes, variando a fórmula de acordo com a região onde é produzida. Popularmente, a vodca tem 40% de teor alcoólico, mas a sua graduação pode variar entre os 35 e os 60% sendo acrescido de água local, o que lhe diferencia também. A União Européia, por exemplo,  impõe um teor alcoólico mínimo de 37.5%, enquanto que as bebidas produzidas na América tem em geral 37% de teor alcoólico. O processo de destilação é diferente do europeu.

O processo de fabricação da vodca é o mesmo que o do uísque, mas enquanto que este é destilado a baixas temperaturas, o que dá o sabor a cereais, a vodca é destilada a altas temperaturas e depois submetida a filtragens químicas para neutralizar os aromas dos cereais, tendo também como diferencial a água agregada à produção, sendo a água da Inglaterra famosa  pelo sabor peculiar.


A vodca é mais consumida em países com clima muito frio do leste europeu, como Rússia, Bielorrúussia, Ucrânia e nos países nórdicos. Apesar de ser consumida pura nos países onde é mais popular, a vodca no resto do mundo é consumida em misturas com outras bebidas, como sucos de frutas ou refrigerantes. A vodca tornou-se muito popular no mundo todo a partir dos anos 70, quando vários barmen começaram a substituir bebidas destiladas tradicionais pela vodca na preparação de coquetéis. Atualmente é essencial em qualquer bar.
Os brasileiros possuem o costume de misturar ingredientes na vodka para fazer drinques, o mais comum é a caipiroska, que é a caipirinha de vodka, mas pode-se misturar com a fruta que desejar ou até mesmo ingredientes exóticos.



Esses drinques animam qualquer festa, e agradam todos os convidados, pois podem ser doces ou mais azedos, com a dose certa de álcool.
Está aí pessoal uma sugestão para ser apreciada na Festa de Peão de Boiadeiro de Cerquilho. Porém, bebendo com moderação. 





Vodka com drops Halls

Até a próxima postagem. Fui!


sábado, 10 de novembro de 2012

Síndrome de Burnout

A síndrome de burnout ou síndrome do esgotamento profissional é um distúrbio psíquico descrito em 1974 por Freudenberger, um médico americano. O transtorno está registrado no Grupo V da CID-10 (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde).
A principal característica é o estado de tensão emocional e estresse crônico provocado por condições de trabalho físicos, emocionais e psicológicas desgastantes. A síndrome se manifesta especialmente em pessoas cuja profissão exige envolvimento interpessoal direto e intenso.
Profissionais das áreas de educação, saúde, assistência social, recursos humanos, agentes penitenciários, bombeiros, policiais e mulheres que enfrentam dupla jornada correm riscos maior de desenvolver o transtorno.
Sintomas
O sintoma típico da síndrome de burnout é a sensação de esgotamento físico e emocional que se reflete em atitudes negativas, como ausências no trabalho, agressividade, isolamento, mudanças bruscas de humor, irritabilidade, dificuldade de concentração, lapsos de memória, ansiedade, depressão, pessimismo, baixa autoestima. Dor de cabeça, enxaqueca, cansaço, sudorese, palpitação, pressão alta, dores musculares, insônia, crises de asma, distúrbios gastrintestinais são manifestações físicas que podem estar associadas à síndrome.
Diagnóstico
O diagnóstico leva em conta o levantamento da história do paciente e seu envolvimento e realização pessoal no trabalho.
Respostas psicométricas a questionário baseado na Escala Likert também ajudam a estabelecer o diagnóstico.
Tratamento
O tratamento inclui o uso de antidepressivos e psicoterapia. Atividade física regular e exercícios de relaxamento também ajudam a controlar os sintomas.
Recomendações
* Não use a falta de tempo como desculpa para não praticar exercícios físicos e não desfrutar momentos de descontração e lazer. Mudanças no estilo de vida pode ser a melhor forma de prevenir ou tratar a síndrome de burnout;
* Conscientize-se de que o consumo de álcool e de outras drogas para afastar as crises de ansiedade e depressão não é um bom remédio para resolver o problema;
* Avalie quanto às condições de trabalho estão interferindo em sua qualidade de vida e prejudicando a saúde física e mental. Avalie também a possibilidade de propor nova dinâmica para as atividades diárias e objetivos profissionais.

Até a próxima postagem. Fui!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Respingos


Pesquisa revela que nos rankings mundiais o brasileiro é o terceiro colocado entre os maiores consumidores de produto de beleza. Famílias de renda baixa gastam mais com xampus, cremes, esmaltes e batom do que com arroz e feijão. Esse exagero no uso de cosméticos seria uma busca do bem-estar? Busca da felicidade? Mas, colocar felicidade na dependência de detalhes físicos...

Como é que pode alguém estar atualizado com o mundo sem ler. Arte, literatura, culinária, ciência e o que mais for do seu interesse caso o tempo seja curto organize-se para reservar um horário sagrado para ler.

Se a vida não lhe deu o dom musical, não se descabele. Desatarraxe as orelhas e afine as cordas vocais e matricule-se num conservatório musical. Quem sabe daqui a alguns anos você consiga cantarolar uma música e tocar outra.

A dinâmica de hoje nos faz pular miudinho. Pode reparar como há quem viva como os passarinhos. Uma hora ta no chão, outra no ar, no fio, no telhado, na árvore...

Falando em passarinho já repararam que os joões-de-barro, atualmente, preferem construir casinhas nos postes e não mais na mata? Nos postes fica bem mais prático puxar luz elétrica.

Dar esmola em dinheiro não é atitude legal. Ajudar instituições com credibilidade é o mais correto. Mendigo é fruto de governo que não olha para o povo, em um país onde a aposentadoria é miserável, a educação do tempo de Anchieta e a saúde pública vive na U.T.I.

Jogar lixo nas ruas, arremessar embalagens pela janela dos carros e empurrar sujeira com água tratada são crimes praticados com o meio ambiente.

Até a próxima postagem. Fui!

terça-feira, 6 de novembro de 2012

COOCERQUI

Pernil Suino

           A carne suína é rica em nutrientes essenciais, sendo a proteína de origem animal mais consumida no mundo, contribuindo para obtenção de alimentação balanceada. Possui sabor e maciez característicos, além de ser fonte de vitaminas e minerais. Um ponto importantíssimo a ser enfatizado em relação à carne suína é que 70 % dela esta situada abaixo da pele (toucinho). Apenas 20 a 22 % estão entre os músculos, dando sabor e maciez. Este fato auxilia ainda mais na redução da ingestão de gordura na dieta habitual, pois, como a gordura é encontrada em uma camada bem definida, fica fácil removê-la antes do cozimento evitando assim a penetração e aderência desta gordura. Este é ponto positivo da utilização da carne suína porque além de não apresentar níveis de gordura elevados é possível realizar a remoção da maior parte da gordura, reduzindo ainda mais o valor calórico e lipídico da carne.


Atualmente, a qualidade da carne representa uma das principais preocupações, especialmente para consumidores mais exigentes. De modo geral pode-se dizer que a qualidade da carne e da carcaça depende da interação de fatores intrínsecos e extrínsecos. Os fatores intrínsecos mais importantes são a genética, o manejo alimentar, a idade e o sexo. Entre os fatores extrínsecos, são muito importantes as condições de abate, desde a saída dos animais da propriedade até a entrada das carcaças nas câmaras frias, o tipo de cozimento e os métodos de conservação.
A qualidade da carne suína é conseqüência de fatores ambientais e genéticos juntos. Textura, cor, sabor, suculência e aroma são características da carne suína influenciadas pelo processo bioquímico que acontece durante a conversão do músculo em carne.
Por mais incrível que possa parecer está chegando a hora!
A bola da vez, neste Natal,  será esta receita de pernil encontrado viçosos no açougue das COOCERQUI de Cerquilho, Boituva e Tietê:  

Pernil de Natal 


Ingredientes

4kg de pernil suíno com um pouco de gordura e de preferência com osso
Marinada:
2 cebolas cortadas em pedaços grandes
3 dentes de alho
400mL de vinho branco seco
1 xícara (chá) de suco de limão tahiti
3 ramos de alecrim fresco
2 folhas de louro fresco
1 colher (sopa) de sal
Pimenta do reino a gosto
Papel alumínio e manteiga sem sal para assar

Modo de Fazer

1. Prepare a marinada: no liquidificador bata a cebola, alho, vinho branco seco, suco de limão, sal e pimenta.
2. Com um garfo grande, faça alguns furos na peça de pernil (para o tempero penetrar na carne).
3. Em uma travessa bem grande, coloque o pernil e regue a marinada sobre a carne. Deixe a carne na geladeira marinando por no mínimo 24 horas, vire a carne 4 vezes ao dia para pegar o tempero que ficará no fundo da travessa.
4. Pré-aqueça o forno a 200°C. Coloque o pernil marinado em uma assadeira e cubra com papel alumínio (sempre com o lado brilhante para dentro).
5. Leve ao forno e asse por 5 horas, regando o tempero que ficará no fundo da assadeira sobre o pernil a cada 20-30 minutos. Lembre-se que durante as 5 horas o pernil deverá ficar coberto com o papel alumínio.
6. Depois de 5 horas no forno, corte um pedacinho do pernil e verifique se está macio. Se estiver, retire o papel alumínio e aumente o forno para a temperatura máxima.
7. Besunte todo o pernil com a manteiga sem sal, leve ao forno e asse até que toda a superfície do pernil esteja dourada (aproximadamente 1 hora).
8. Coe o molhinho que sobrar na assadeira e sirva a parte para acompanhar o pernil.
9. Sirva o pernil com aquelas frutas em calda sabe. Se for usar fruta fresca dê uma grelhada antes que vai ficar legal. Pode ser, abacaxi, figo, pêssego, manga, pêra...
Dicas:
*Caso o peso do pernil exceda 4kg, calcule aproximadamente 1 hora e 20 minutos de forno para cada kg de carne.

CURRY
Originário da Índia, o curry é uma mistura de várias especiarias, dentre elas o cominho e o cardamomo. De sabor acentuado e cor amarelo-forte, é muito usado em pratos orientais e em frango, carnes, peixes e molhos.
 

domingo, 4 de novembro de 2012

Respingos



O cartão posta de uma pessoa é a linguagem. Qualquer escorregãozinho é o bastante para derrubar uma carreira, perder a credibilidade é falar errado. Há quem seja bem apessoado, simpático, divertido, alto astral só que ao abrir a boca sai cobras e lagartos.

Princesinha, que tal deixar um pouquinho de lado essa vaidade exagerada e investir mais na intelectualidade para quando abrir a boca sua carruagem não virar abóbora.

Moça antes de sair de casa dê mais uma olhadinha no espelho para ver se não se emperiquitou demais e ser comparada a uma famosa ave natalina. 

Manual – Qualquer manual de instrução sobre o bom exercício da chefia sempre traz regras claras.  Toda vez que a chefia diz: “Aqui quem manda sou eu” é sinal que alguma coisa está errado, para ele, para os subordinados ou para ambos.

Blogueira – Uma recheada americana (170kg) está fazendo campanha para os obesos ser bem aceitos na sociedade. Bobagem fofinha. Vista um pretinho básico e se mande para as baladas.

Música – A música nasceu com o mundo. Ela faz parte da vida. Na verdade acordamos com a música e queremos música quando levantamos... Fuja dos locais onde a música atrapalha a comunicação.

Até a próxima postagem. Fui!

Ah! A unidade familiar é a chave para fortalecer a sociedade.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Bico-de-pena

Trabalho em bico-de-pena da série "Visões Fantásticas" feita por este blogueiro.


Tchauuuses! Até a próxima postagem. Fui!